segunda-feira, 21 de maio de 2018

Na sexta-feira, 18 de maio, decorreu na BE um colóquio dinamizado por três alunas do 11º ano, turma F que, no âmbito da disciplina de Geografia A, apresentaram o seu estudo de caso, sob a orientação da professora Paula Faísca




O objeto de estudo foi a Casa da Pesca, na Quinta do Marquês de Pombal, aqui em Oeiras. 

O edifício e sua envolvente, classificado como monumento nacional há 70 anos, encontra-se em lamentável estado de degradação.

A convite das alunas, estiveram presentes o presidente da Câmara, Dr. Isaltino Morais, representantes da Direção Geral do Património Cultural e do INIAV (Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária) e ainda o historiador José Meco.

A Câmara de Oeiras está disposta, há muitos anos, a reabilitar todo o espaço da Casa da Pesca, mas o Ministério da Agricultura tem dificultado o processo e, entretanto, o espaço está em abandono e ruína, sujeito a deterioração e vandalismo

O historiador José Meco sublinhou a riqueza patrimonial da Casa da Pesca no que respeita à arquitetura e azulejaria.

É urgente uma decisão da parte do Ministério da Agricultura, para que os valores culturais em causa sejam recuperados.




Novidades na BE - DVD - “ O sonho de Wadjda”, de Haifaa Al-Mansour - “O Ilusionista”, de Neil Burger - “Noé”, de Darren Aronofsky -...